Las Vegas

Grand Canyon: Guia completo para Las Vegas

Tudo sobre o Grand Canyon em Las Vegas

Veja um guia completo sobre o Grand Canyon. Ele está localizado entre os estados de Nevada e Arizona e é um dos lugares mais bonitos e impressionantes do mundo. Este é um destino muito procurado pelas pessoas que viajam para a cidade da diversão. O problema é que o Grand Canyon fica um pouco longe de Las Vegas e, por este motivo, sempre surgem perguntas como: Vale a pena visitá-lo? Quanto tempo de Las Vegas até o Grand Canyon? É possível fazer um bate e volta para o Grand Canyon? Por este motivo, vamos dar todas as dicas para quem quer visitar este belo local durante a sua viagem por Las Vegas.

Grand Canyon: Guia completo para Las Vegas

E se você vai viajar para lá, não deixe de ler depois nossa matéria de como economizar muito em Las Vegas com dicas imperdíveis para você economizar muito dinheiro em toda a sua viagem, com dicas e comparadores de preços incríveis para fazer todo o planejando e gastar muito menos por lá. Dá para viajar economizando muito e com isso aproveitar ainda mais sua viagem e fazer mais coisas do que tinha planejado. São dicas ótimas e que fazem a diferença.  Agora veja tudo sobre o Grand Canyon.

Grand Canyon West

A parte West do Grand Canyon é a que fica mais perto de Las Vegas. A viagem para este destino possui 195 km e leva cerca de 2 horas e 20 minutos. Esta é a melhor opção para quem não quiser fazer uma viagem muito longa ou deseja voltar logo para Las Vegas. Outra vantagem da parte West é que, por estar fora da área do Parque Nacional, não se enquadra nas suas rígidas leis de preservação e segurança. Os passeios para o Grand Canyon podem ser feitos por conta própria, alugando um carro ou por empresas que organizam tours e vão de ônibus para esta região com guias turísticos.

Grand Canyon West

É no Grand Canyon West que se encontra a Skywalk, sendo esta uma passarela de vidro suspensa, onde você pode caminhar e ter uma sensação inexplicável de estar em cima do Grand Canyon. Para passear por lá é preciso pagar 82 dólares. Se quiser guardar uma recordação desta atração, terá que comprar a foto, pois nesta passarela é proibido levar sua câmera. O Skywalk conta, também, com um restaurante, onde você pode comer para recuperar as energias. Além disso, existem muitas empresas que oferecem passeios de helicóptero, rafting pelo rio Colorado e outros esportes radicais, os quais são, geralmente, bem caros.

Grand Canyon West

Como alugar um carro por um preço incrível para ir até o Grand Canyon

A viagem até o Grand Canyon é uma das mais lindas do mundo, e alugar um carro legal faz toda a diferença, tornando a sua viagem ainda melhor. Sem falar que você estará no meio do deserto, então é bom contar com um carro e de confiança. De fato, ter um carro por lá é ótimo, pois além da viagem ao Grand Canyon, os shoppings, outlets, hotéis, restaurantes, pontos turísticos e muitas outras atrações ficam bem afastadas em Las Vegas. Desta forma, para aproveitar muito mais sua viagem, poder conhecer todos os lugares e fazer compras com tranquilidade, o ideal é não deixar de alugar um carro. Sem falar que com um automóvel você pode conhecer a Califórnia, que está pertinho da cidade da diversão. Veja nossa matéria de como alugar um carro em Las Vegas, a qual conta com dicas de como alugar um excelente veículo por um preço incrível, comparadores excelentes, documentos necessários e tudo o que você precisa saber sobre este assunto. Sem dúvidas, este serviço é muito mais barato do que as pessoas pensam e vale muito a pena.

Como alugar um carro por um preço incrível para ir até o Grand Canyon

Grand Canyon South

A principal e mais procurada entrada ao Grand Canyon fica na parte sul do Parque Nacional, a 450 km de Las Vegas. Esta é, também, a região mais bonita e impressionante do Parque Grand Canyon, mas você terá que realizar uma longa viagem para chegar até este ponto. Saiba que uma opção é dormir em um dos hotéis do Parque Nacional ou em cidades mais próximas, mas é possível fazer um bate e volta, se achar melhor e gostar de dirigir. Nesta área você encontrará doze mirantes, os quais contam com uma vista espetacular para tirar ótimas fotos e ver o pôr do sol. O ingresso para entrar no Parque Nacional do Grand Canyon custa 30 dólares por carro ou 15 por pessoa, se estiver a pé. Esta entrada é valida durante uma semana para as partes norte e sul, estando a venda em diversas bilheterias.

Grand Canyon South

É permitido andar com o carro e parar onde quiser no Grand Canyon, respeitando sempre as sinalizações. Um passeio muito bonito de se fazer por lá é o de helicóptero, que custa, em média, 200 dólares um sobrevoo de meia hora pelo maravilhoso Corredor do Dragão, o qual é um vão enorme entre duas partes do Parque Nacional. Os passeios com guias e geólogos podem ser agendados no centro de visitantes da National Geographic, situado em Tusayan. Outro programa legal por lá é o cinema IMAX, que passa um filme com a história do Grand Canyon.

Grand Canyon South

Dica do celular no passeio ao Grand Canyon

O ideal é você poder usar seu celular à vontade nas estradas, no Grand Canyon e em toda sua viagem à Las Vegas, pois ele acaba sendo muito útil e vale muito a pena. Desta forma, você pode usar os aplicativos dos hotéis, pontos turísticos, do Grand Canyon e de cupons de desconto, além de economizar cerca 100 dólares por não precisar alugar um GPS para o carro, pois poderá usar o do celular, poder pesquisar os endereços e horários dos lugares e shows, ver a previsão do tempo para se planejar para a viagem e, claro, ficar conectado com todo mundo. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade nos EUA. Este serviço é super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro e em qualquer lugar.

Dica do celular no passeio ao Grand Canyon

Grand Canyon North Rim

O acesso norte ao Parque Nacional do Grand Canyon fica a 430 km de Las Vegas. Este é o lugar menos visitado pelos turistas, pois a quantidade de mirantes e locais para apreciar a vista são muito menores do que na borda Sul, mas, ainda assim, esta região continua sendo muito bonita. Esta parte norte só fica aberta de 15 de maio a 15 de outubro, e por estar em uma região bem mais alta, é a parte do Grand Canyon em que faz mais frio. O valor do ingresso é o mesmo da borda sul, que está a 350 km de distância.

Grand Canyon Village

O Grand Canyon Village é o lugar ideal para quem quer se hospedar nesta região e passar alguns dias explorando este local. Esta é uma pequena vila com seis hotéis, a qual está situada na borda sul, que é a mais interessante e visitada. Por lá você encontrará hotéis mais luxuosos, como o histórico El Tovar, e complexos mais baratos, como o Brught Angel Lodge e o Yavapai Lodge, sendo este último o maior de todos. Por serem opções de hospedagem no interior do Parque Nacional do Grand Canyon, as reservas devem ser feitas com até seis meses de antecedência e as diárias são um pouco mais caras.

Grand Canyon Village

Cidade de Tusayan

A cidadezinha de Tusayan fica localizada a 12 km da entrada do Parque Nacional e é uma ótima opção para quem não conseguir ficar no Grand Canyon Village. Esta cidade conta com diversos
restaurantes, lojinhas de lembrancinhas e alguns hotéis básicos e econômicos. Por lá está, também, o centro de visitantes da National Geographic, que oferece passeios e expedições pelo Grand Canyon, além de lojas de conveniência, as quais vendem ingressos para entrar neste parque. Os hotéis disponíveis em Tusayan são: o Holiday Inn Express, Grand Canyon Plaza, The Grand Hotel, Best Western Grand Canyon Squire Inn e Red Feather Lodge.

Cidade de Tusayan

A viagem de Las Vegas até a borda Sul do Grand Canyon

A viagem de Las Vegas até a parte sul do Grand Canyon é muito bonita e tem várias atrações no caminho. Esta viagem dura cerca de 4 horas, mas você, provavelmente, levará mais tempo, principalmente se for parando nos lugares. Depois que andar 55 km, você vai avistar a gigantesca represa Hoover Dam, que abastece toda a cidade de Las Vegas e é uma construção enorme e muito bonita de se ver. A viagem de carro até o Grand Canyon é, simplesmente, inexplicável.

A viagem de Las Vegas até a borda Sul do Grand Canyon

No quilometro 85 pare na cidade de Peach Springs, para conhecer as Cavernas do Grand Canyon, as quais contam com visitas programadas a cada 30 minutos. Seguindo pela estrada,
que é linda e muito bem construída, depois de andar mais 60 km, você vai chegar em Seligman, uma cidadezinha super charmosa, igual as que vemos em filmes de velho oeste. Andando mais 68 quilômetros, você chegará na cidade de Wiliams, a qual é, também, uma boa opção para se hospedar. Agora, mais 60 quilômetros adiante, você chegará na cidade de Tusayan, onde já estará próximo do famoso Parque Nacional do Grand Canyon.

Cidade de Seligman

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Las Vegas

Agora que você já viu tudo sobre o Grand Canyon, uma dica legal e que faz a diferença na viagem é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar em um hotel cassino legal. Os grandes hotéis são as principais atrações turísticas da cidade e é lá que você vai passar a maior parte do tempo, então capriche e reserve um hotel bem legal e na Avenida Strip. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Las Vegas, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar por lá e também de como conseguir um ótimo hotel top por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção).

Las Vegas

Veja outras matérias imperdíveis de Las Vegas:

O que fazer em Las Vegas: Dicas dos melhores lugares e passeios para fazer em Vegas.
Alugar carro barato em Las Vegas: Como conseguir preços incríveis e todas as dicas.
Compras em Las Vegas: Guia completo para fazer ótimas compras.
Onde ficar em Las VegasMelhores regiões para se hospedar em Vegas.
Ingresso mais barato para os shows de Las Vegas: Ingressos por até metade do preço.
O Seguro Viagem é obrigatório para os EUA? Saiba tudo sobre o assunto, todas as dicas e como fazer o melhor seguro pelo menor preço usando um comparador incrível.

Tags:

Um comentário

  1. Embora eu nunca tenha ido a Las Vegas, me parece que as duas últimas fotos são do Monument Valley e não de alguma área do Grand Canyon… ou não ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *